8 de agosto de 2016

Almoço de domingo - Aniversário da Nélia 79 anos





Farra gostosa aqui em casa no aniversário da Nélia de 79 anos!

3 de agosto de 2016

Pão Recheado

Oi queridos! Hoje trago uma receita suuuuuper para vocês!



 A Nélia sempre fazia essa receita de pão recheado na casa da minha sogra e resolvemos fazer aqui na semana retrasada, que a casa estava cheia. O pessoal repetiu 3 vezes e os dois pães não duraram meia hora! Fizemos novamente nessa semana para gravar a receita para vocês. Tenho certeza de que vão adorar e fazer. Eu não tinha noção de que era tão fácil de fazer. A Nélia arrasa sempre! Assistam o vídeo para aprenderem o passo a passo:


Receita de Pão Recheado fácil e delicioso

Rendimento: 2 pães grandes

Ingredientes

1 copo 300 ml de leite
1/2 copo de óleo
1 1/2 copo de farinha de trigo + farinha até o ponto
1/2 colher de sobremesa de sal
1 1/2 tablete de fermento biológico fresco
1 gema para pincelar
300 g de presunto em fatias
300 g de mussarela em fatias
4 tomates maduros picados em rodelas
1 cebola grande picada em rodelas
Azeitona a gosto picada

Modo de fazer

Dissolva o fermento no leite morno. Acrescente óleo, farinha e o sal. Misture bem e amasse com as mãos, adicionando farinha até dar o ponto, que é quando a massa desgrudar das mãos.

Tampe a massa e deixe descansar por 1 hora até dobrar de tamanho. 

Forre a pia com um plástico, salpique farinha de trigo e abra a massa com uma garrafa ou rolo (passe farinha na garrafa). Coloque os recheios: mussarela, presunto, tomate, cebola e azeitona. Enrole a massa usando o plástico para te auxiliar. Pincele ovo. Enquanto pincela, ligue o forno a 180 graus. O tempo para assar é de 20 minutos aproximadamente, dependendo do forno. Pode colocar o forno a 200 graus. Sugiro que asse um pão de cada vez, porque o pão que for colocado na grade de baixo pode ficar torrado. 

25 de julho de 2016

Rotina de Férias das crianças



Gabriel e Marcela andam fazendo a farra aqui em casa! E, no final de semana, a casa ficou cheia e foi uma farra ótima! Vejam um pouco da rotina de férias das crianças!

11 de julho de 2016

Definindo prioridades


Nesta semana não vai ter vídeo no canal. É até estranho escrever a frase anterior, porque eu sou tão certinha, tão organizadinha e comprometida, mas, confesso: dessa vez, dei uma chutadinha de balde.

Eu sempre tive o costume de ter vídeos para três semanas à frente. Nos últimos tempos, o excesso de atribuições não está permitindo que eu mantenha o costume. O plano era gravar vídeos no domingo (ontem), mas um rostinho bonito me fez mudar de ideia. Sim, meu filhinho queria a mamãe. 

Estava tão lindinho com a roupa da missa e tão carente da mãe por perto. Sua vozinha linda me chamando "Si cá, mamãe, senta qui". Seguida por um "dá abaço" e depois um "dá beijo". Como resistir?



Pensei: vou ficar a tarde toda gravando vídeos e depois editar um vídeo até a hora de dormir, deixando de passar esse tempo com o meu marido e com o meu filho? Desculpem-me, meus queridos inscritos, mas a balança pesou para a família e a decisão foi de abrir mão dos vídeos.

Passamos um domingo maravilhoso, primeiro brincando de massinha, depois de desenhar...





Na sequencia, bagunça na cama e muitas selfies, algumas feitas pelo bebê esperto, hahahaha...

 Selfie by Gabriel Macedo Malard

E emendando com sessão Picoca (é como ele fala) em família, assistindo à final da Eurocopa.

 Aceitam uma pipoquinha?
Fico chateada por faltar com meus inscritos (acho que o Youtube devia ter uma seção de recados do dia no canal para a gente avisar estas coisas). Mas, estou em uma fase de avaliação de certos aspectos do canal e definição de prioridades. Se, por um lado, é super legal ter o carinho das pessoas e a interação dos inscritos, de outro lado, é meio estranho alguns excessos que acontecem, tipo pessoas que procuram minha irmã no whatsapp insistindo em ter meu telefone porque me amam e são muito fans; pessoas que demonstram um amor com um toque de intensidade além do que seria comum, considerando que sou uma desconhecida para elas (nada relacionado com os "amo vocês" tão simpáticos que recebo). Por fim, pessoas querendo saber se eu as amo de volta na mesma intensidade...

Eu não sou uma celebridade e não busco a fama que vários buscam no Youtube. Tem gente que acha normal (e deseja) ir ao shopping e encontrar fans histéricos, ouvir declarações confessando que eles são tudo na vida da pessoa. Eu não busco isso. Sou uma pessoa normal, passando uma mensagem tranquila, contando experiências.

Outra coisa que o Youtube acaba levando as pessoas a fazerem é a criação de um compromisso de publicar vídeos a tempo e a hora, como se fosse um canal de TV. Nas boas práticas no Youtube, os consultores incentivam as pessoas a terem uma regularidade, informando aos inscritos quando terá vídeo. Eu fiz isso, mas ando repensando... A obrigatoriedade cansa... Algumas pessoas têm hoje no Youtube uma profissão. Outras tantas querem que o Youtube seja a sua profissão. No meu caso, eu adoro publicar vídeos, mas isso não é a minha profissão, nem meta de vida.

Andei vendo vídeos de pessoas que entraram nessa rotina obrigatória de postar vídeos e que andam se questionando. Uma recém casada contou que já aconteceu do marido chamar para irem à praia e ela recusar, pois teria de editar um vídeo para colocar no ar naquele dia. 

E então, comecei a me questionar. Tenho um filho em uma idade maravilhosa, onde tudo passa muito rápido e preciso aproveitar. Tenho uma marido incrível e nosso tempo juntos é tão pouco, andamos em um momento em que o profissional anda roubando literalmente o nosso tempo juntos. É preciso definir prioridades. 

Por isso, vou gravar menos vídeos. Não me faltam ideias, não me falta entusiasmo, mas anda faltando tempo. Vou diminuir a publicação de vídeos para um por semana. Ocasionalmente, posso colocar dois, mas sem cobranças e, quando digo cobranças, digo eu me cobrando.

Enfim, vou deixar a coisa correr mais fluida, mais tranquila, mais prazerosa. Espero que fique tudo bem. Boa semana, meus queridos!