11 de julho de 2016

Definindo prioridades


Nesta semana não vai ter vídeo no canal. É até estranho escrever a frase anterior, porque eu sou tão certinha, tão organizadinha e comprometida, mas, confesso: dessa vez, dei uma chutadinha de balde.

Eu sempre tive o costume de ter vídeos para três semanas à frente. Nos últimos tempos, o excesso de atribuições não está permitindo que eu mantenha o costume. O plano era gravar vídeos no domingo (ontem), mas um rostinho bonito me fez mudar de ideia. Sim, meu filhinho queria a mamãe. 

Estava tão lindinho com a roupa da missa e tão carente da mãe por perto. Sua vozinha linda me chamando "Si cá, mamãe, senta qui". Seguida por um "dá abaço" e depois um "dá beijo". Como resistir?



Pensei: vou ficar a tarde toda gravando vídeos e depois editar um vídeo até a hora de dormir, deixando de passar esse tempo com o meu marido e com o meu filho? Desculpem-me, meus queridos inscritos, mas a balança pesou para a família e a decisão foi de abrir mão dos vídeos.

Passamos um domingo maravilhoso, primeiro brincando de massinha, depois de desenhar...





Na sequencia, bagunça na cama e muitas selfies, algumas feitas pelo bebê esperto, hahahaha...

 Selfie by Gabriel Macedo Malard

E emendando com sessão Picoca (é como ele fala) em família, assistindo à final da Eurocopa.

 Aceitam uma pipoquinha?
Fico chateada por faltar com meus inscritos (acho que o Youtube devia ter uma seção de recados do dia no canal para a gente avisar estas coisas). Mas, estou em uma fase de avaliação de certos aspectos do canal e definição de prioridades. Se, por um lado, é super legal ter o carinho das pessoas e a interação dos inscritos, de outro lado, é meio estranho alguns excessos que acontecem, tipo pessoas que procuram minha irmã no whatsapp insistindo em ter meu telefone porque me amam e são muito fans; pessoas que demonstram um amor com um toque de intensidade além do que seria comum, considerando que sou uma desconhecida para elas (nada relacionado com os "amo vocês" tão simpáticos que recebo). Por fim, pessoas querendo saber se eu as amo de volta na mesma intensidade...

Eu não sou uma celebridade e não busco a fama que vários buscam no Youtube. Tem gente que acha normal (e deseja) ir ao shopping e encontrar fans histéricos, ouvir declarações confessando que eles são tudo na vida da pessoa. Eu não busco isso. Sou uma pessoa normal, passando uma mensagem tranquila, contando experiências.

Outra coisa que o Youtube acaba levando as pessoas a fazerem é a criação de um compromisso de publicar vídeos a tempo e a hora, como se fosse um canal de TV. Nas boas práticas no Youtube, os consultores incentivam as pessoas a terem uma regularidade, informando aos inscritos quando terá vídeo. Eu fiz isso, mas ando repensando... A obrigatoriedade cansa... Algumas pessoas têm hoje no Youtube uma profissão. Outras tantas querem que o Youtube seja a sua profissão. No meu caso, eu adoro publicar vídeos, mas isso não é a minha profissão, nem meta de vida.

Andei vendo vídeos de pessoas que entraram nessa rotina obrigatória de postar vídeos e que andam se questionando. Uma recém casada contou que já aconteceu do marido chamar para irem à praia e ela recusar, pois teria de editar um vídeo para colocar no ar naquele dia. 

E então, comecei a me questionar. Tenho um filho em uma idade maravilhosa, onde tudo passa muito rápido e preciso aproveitar. Tenho uma marido incrível e nosso tempo juntos é tão pouco, andamos em um momento em que o profissional anda roubando literalmente o nosso tempo juntos. É preciso definir prioridades. 

Por isso, vou gravar menos vídeos. Não me faltam ideias, não me falta entusiasmo, mas anda faltando tempo. Vou diminuir a publicação de vídeos para um por semana. Ocasionalmente, posso colocar dois, mas sem cobranças e, quando digo cobranças, digo eu me cobrando.

Enfim, vou deixar a coisa correr mais fluida, mais tranquila, mais prazerosa. Espero que fique tudo bem. Boa semana, meus queridos!

4 de julho de 2016

Gabriel fez 2! Presentes e desenvolvimento de 1 a 2 anos





Gabriel completou 2 aninhos de vida com saúde, graças a Deus. Aproveito para mostrar os brinquedos educativos que demos para ele e contar um pouco sobre como foi o desenvolvimento do bebê no período de 1 a 2 anos.

27 de junho de 2016

Rotina de dona de casa





Neste vídeo estou contando como é a minha rotina de dona de casa, para conseguir dar conta de tudo e conciliar as tarefas de ser mãe que trabalha e ainda consegue cuidar do filho, marido, cachorro e deixar a casa organizada.

23 de junho de 2016

Bolo de iogurte com cobertura de abacaxi

Aqui em casa nunca falta bolo mas, depois que o Gabriel começou a comer tudo o que comemos, comecei a buscar por receitas mais saudáveis, apropriadas para crianças pequenas. Então, os bolos de iogurte, laranja, banana e cenoura passaram a ter preferência; também troquei o achocolatado por chocolate em pó 100% cacau e passei a usar metade de farinha de trigo normal e metade de farinha de trigo integral. Outra coisa que fiz foi diminuir o açúcar da receita. Não importa se a receita tem 1 xícara e meia, 2 xícaras de açucar. A medida aqui de casa é 1 xícara. Ficam doces do mesmo jeito!

O resultado: lanches mais saudáveis para o meu bebê e toda a família ganha em qualidade de alimentação também!

Este bolo é um dos favoritos do meu bebê e só tem um defeito: é tão gostoso que acaba rápido demais! Vale super a pena você fazer essa receita!





Atenção: eu coloco metade de farinha normal e metade de farinha integral para ficar mais saudável. Mas, você poderá fazer o bolo normalmente caso somente tenha a farinha tradicional. Use, nesse caso, duas xícaras da farinha que tiver em casa.


Bolo integral de iogurte com cobertura de abacaxi

Ingredientes

4 ovos
1 copo de iogurte natural
1 copo (medida do copo de iogurte) de açúcar
1 copo (medida do copo de iogurte) de óleo
1 copo (medida do copo de iogurte) de farinha de trigo
1 copo (medida do copo de iogurte) de farinha de trigo integral
1 colher pequena (colher de cafezinho) de sal
1 colher de sopa de fermento em pó
1 abacaxi pequeno ou metade de um abacaxi grande
Canela em pó a gosto

Modo de Fazer

Pique o abacaxi em cubinhos. Coloque papel manteiga no fundo de uma forma, previamente untada e esfarinhada. Não coloque o papel manteiga nas laterais. Salpique canela sobre o papel manteiga e coloque o abacaxi. Reserve.

Pré-aqueça o forno a uma temperatura de 180ºC.

Bata todos os ingredientes no liquidificador, adicione primeiramente com os ovos, depois o iogurte, açúcar, óleo, farinha e por último adicione o fermento.

Coloque a massa do bolo sobre o abacaxi.


Leve ao forno e deixe assar por aproximadamente 40 minutos. Evite ficar abrindo o forno enquanto o bolo está assando. Isso pode fazer com que o bolo não cresça direito e fique solado, com a massa pesada e baixa. Portanto evite abrir o forno antes de meia hora. Espete um palito no bolo para verificar o ponto. Se o palitinho sair sujo de massa, deixe assar mais um pouco. Para que o bolo não murche, deixe-o esfriar dentro do forno desligado. Depois de assado, retire o bolo do forno e desenforme o bolo ainda morno.